Exercícios aeróbicos, quando há excesso?

musculação ou aeróbico

Exercícios aeróbicos, quando há excesso?

Não é possível definir uma quantidade definitiva de exercícios aeróbios que são considerados em excesso, principalmente uma quantidade que possa ser aplicada ao ser humano. Na verdade, a qualidade da dieta, a seriedade do treino de musculação, a genética, o descanso, o estilo de vida e as demais coisas que serão capazes de influenciar na quantidade de exercícios aeróbicos que são considerados bons para uma pessoa sem que essa quantidade possa interferir na hipertrofia.

Porém, quando uma pessoa dorme corretamente e segue sua dieta em uma maior quantidade de tempo, fazendo também seu treino com pesos sensato, com 2 ou até mesmo 3 sessões de exercícios aeróbicos entre 30 a 40 minutos por sessão em uma semana, dificilmente poderá prejudicar a hipertrofia muscular. É essencial também que os exercícios aeróbicos sejam realizados em diferentes horários ou até mesmo em dias alternados aos dias de treino. Se por algum acaso, você acabar preferindo realizar os exercícios aeróbicos no mesmo horário que o seu treino de musculação, faça-o sempre após o treino com pesos.

Por mais que a prática de exercícios aeróbios seja com uma boa intenção, antes de começar a praticá-los é essencial que você já comece aquecido, pois isso poderá diminuir sua performance no seu treino, que sem dúvidas deve e é sua maior preocupação, não é mesmo? Lembre-se sempre de que outras atividades físicas que exijam seu condicionamento também valem como exercício aeróbico.

Como por exemplo, se você pratica musculação, mas também faz outra atividade como jiu-jitsu, por exemplo, ou muay thai, natação e outras formas de prática de exercício regular, todas já valem como um exercício aeróbico.